CURRÍCULO// O currículo da Lesson é formado por cinco competências gerais, apresentadas a seguir:

 ROBÓTICA 

 

O letramento cognitivo está relacionado à capacidade de pensar e adquirir conhecimento que os computadores apresentam. Diante dessa realidade, é preciso capacitar o aluno a entender e fazer parte dessa evolução. O letramento cognitivo permite que o aluno compreenda os conceitos de inteligência artificial e de aprendizado das máquinas, sendo capaz de integrar plataformas e desenvolver projetos.

 

Durante as aulas, o letramento cognitivo é trabalhado por meio da Robótica Lego (Lego Education) e do método STEAM, uma metodologia que reúne conhecimentos de Artes, Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

 PROGRAMAÇÃO 

 

Com a globalização, o ato de ler e o de escrever alcançaram uma dimensão também virtual. Hoje, a tela é o novo espaço de escrita, o que trouxe novas demandas e formas de interação entre quem lê e quem escreve. É nesse contexto que surge o letramento digital, que consiste na capacidade de o indivíduo responder de forma adequada às demandas sociais que envolvam recursos tecnológicos e digitais.

Na Lesson, o aluno é preparado para entender e empregar corretamente as imagens, os sons, hipertextos e outras informações, aprendendo também a linguagem de programação de jogos e aplicativos.

 LÓGICA DAS MÁQUINAS 

 

Essa competência trabalha dois conceitos: a internet das coisas e a robótica programável. A internet das coisas consiste na conexão com a internet atribuída a objetos do dia a dia que tenham tecnologia embarcada e, consequentemente, capacidade de coletar e transmitir dados. Já a robótica programável desenvolverá atividades com robôs, drones, controle remoto e automação.

 CULTURA MAKER 

 

A cultura maker é a cultura do “faça você mesmo”, baseada no princípio de que todos podem criar, modificar ou consertar objetos com as próprias mãos. Essa competência estimula a criatividade, o trabalho em equipe e a sustentabilidade.

Montar seus próprios óculos de realidade virtual ou desenvolver o protótipo de um robô são exemplos de atividades realizadas dentro dessa área.

 ENSINO HÍBRIDO 

 

A fim de otimizar o aprendizado, o ensino híbrido propõe práticas que integram o ambiente online e presencial. Nesse modelo de ensino, o on-line e o off-line se complementam, integrando educação e tecnologia. O ensino híbrido potencializa o interesse pelo aprendizado e permite que cada aluno aprenda no seu ritmo.

Dentro dessa competência, destacamos ainda o conceito da sala de aula invertida (Flipped Classroom).  A ideia é que antes o aluno estude em casa o conteúdo das aulas, por meio do material de apoio fornecido pela escola e com participação dos pais, inclusive, permitindo que o tempo em sala de aula seja mais bem aproveitado, com mais interação, desenvolvimento de atividades práticas e solução de problemas em conjunto.